capital de solvência obrigatório (solvency capital requirement)

Termo incluído no marco do projeto Solvência II, que se refere ao nível de recursos próprios exigíveis das seguradoras e resseguradoras por parte das autoridades supervisoras. Está destinado a absorver as perdas significativas, alem de oferecer aos segurados e beneficiários de seguros uma garantia razoável de que se efetuarão os pagamentos em seu vencimento. Sua fórmula de cálculo está orientada a captar o verdadeiro perfil do risco das empresas, levando-se em consideração a incidência das possíveis técnicas de redução do risco, assim como os efeitos da diversificação. Substituirá a margem atual de solvência. (ver).

capital de solvência obrigatório (solvency capital requirement)
Termo incluído no marco do projeto Solvência II, que se refere ao nível de recursos próprios exigíveis das seguradoras e resseguradoras por parte das autoridades supervisoras. Está destinado a absorver as perdas significativas, alem de oferecer aos segurados e beneficiários de seguros uma garantia razoável de que se efetuarão os pagamentos em seu vencimento. Sua fórmula de cálculo está orientada a captar o verdadeiro perfil do risco das empresas, levando-se em consideração a incidência das possíveis técnicas de redução do risco, assim como os efeitos da diversificação. Substituirá a margem atual de solvência. (ver).