dano consequencial (consequential damage)

Para distingui-lo do dano direto, dá-se esse nome àquele que é consequência secundária ou indireta de um sinistro. Por exemplo, num incêndio, o dano direto é a perda originada pelo fogo e o dano consequencial pode ser o produzido pela água que foi utilizada pelos serviços de extinção para extinguir o incêndio.

dano consequencial (consequential damage)
Para distingui-lo do dano direto, dá-se esse nome àquele que é consequência secundária ou indireta de um sinistro. Por exemplo, num incêndio, o dano direto é a perda originada pelo fogo e o dano consequencial pode ser o produzido pela água que foi utilizada pelos serviços de extinção para extinguir o incêndio.